Vale a pena investir em impressão para fotografia?

Hoje em dia, o uso de celulares e computadores para tirar e armazenar fotos é cada vez mais comum. Seria o fim do mercado de impressão para fotografia?

Com os avanços tecnológicos, nos acostumamos a tirar e armazenar fotos em celulares ou computadores. Diante disso, como ficou o mercado de impressão de fotos? Leia este artigo até o fim e descubra.

Fotografia e a Vontade de Registrar Momentos Importantes

Atualmente, estamos acostumados a ver fotos por toda a parte. As redes sociais, por exemplo, são verdadeiras vitrines desse tipo de imagem. De maneira geral, as fotografias são uma forma de registrar e guardar momentos.

Diferente de pinturas ou desenhos, a fotografia consegue reproduzir um instante exato, fazendo um retrato extremamente fiel dele. 

Normalmente, queremos manter essas recordações o mais próximo possível, desde 1826, quando o francês Joseph Nicéphore Niépce (1765 – 1833) registrou a foto considerada a primeira da história (abaixo).

Na era da rapidez e facilidade, as pessoas desprezam aquilo que é trabalhoso ou demorado. 

Afinal, com tantas possibilidades de armazenamento, como pendrives e cartões de memória, as fotos em papel, tamanho 15×10 cm, não são a primeira opção do público.

Porém, hoje o mercado de fotografia “física”, em tamanhos tradicionais para álbuns, está cada vez mais acessível para empreender e com ótimas surpresas tecnológicas.

Assim, quando há a união de segurança e rapidez, a impressão para fotografia torna-se uma área muito interessante e promissora.

fotografia impressa digital

Fotografia como Arte

Quando um fotógrafo imprime uma foto, por exemplo, está materializando a sua arte. Quando alguém imprime fotos de um momento, está na verdade tentando imortalizar aquele instante.

Uma pessoa que imprime fotos da família ou amigos, faz isso como meio de ficar sempre próxima aos entes queridos. Num momento de isolamento como o que estamos vivendo, isso é extremamente importante.

Por isso, podemos afirmar que vale sim a pena investir no mercado de impressão para fotografia, afinal, sempre vale a pena investir num ramo que atende verdadeiramente as necessidades, dores e desejos das pessoas.

Afinal, vale a pena investir na área da impressão para fotografia?

De maneira geral, quando falamos de impressão, estamos falando dos sentimentos e desejos das pessoas. Isso fica ainda mais evidente quando lidamos com a impressão de fotografias.

Em um mundo cada vez mais digital, o físico se torna um diferencial. E ele ganha força principalmente quando está aliado à rapidez, já que as pessoas estão cada vez mais impacientes.

Uma pessoa que recebe uma recordação, com uma foto em papel bem registrada e impressa, se preocupa em guardá-la em um local especial, bem longe das milhares de fotos que estão em um disco virtual.

O investimento em equipamento para “revelar” fotos está cada vez menor e mais acessível.

É o caso da Epson SureLab® D870, que imprime fotografias rapidamente, levando menos de um minuto por imagem 15x10cm, com um mini-lab de 6 cores, que usa impressão digital, em um equipamento portátil, que pode facilmente ser transportado para festas e eventos, entregando fotografias impressas com menos de 1 minuto de “revelação”.

O evento que só confiou só no Digital

Você já imaginou quantas fotos são registradas em um casamento? Digamos que se tenha tirado em média 2000 fotografias.

man and woman kissing fotografia de casamento

Várias vezes fotógrafos que registraram todo um casamento, confiando em cartões de memórias e HDs externos, perderam parte, ou até a totalidade das imagens, porque o disco queimou.

Pude ver um caso desses de perto, e acompanhei o martírio do profissional para tentar contornar a situação.

No caso desse fotógrafo, o estrago foi muito grande. Afinal, depois de descarregar e limpar os cartões de memória, ele não pôde fazer nada quando seu HD  queimou, perdendo todas as fotos do evento.

O grande problema é que quando falamos de tecnologia, sempre há a possibilidade de imprevistos, muitas vezes fatais.

Se tivéssemos uma Epson SureLab® D870 no casamento, imprimindo algumas fotos durante o evento, seja entregando fotografias como lembrança para os convidados, ou com a produção de um álbum instantâneo, para os noivos e familiares mais próximos, com certeza os principais momentos estariam registrados e o estrago, de não ter as fotos digitais, não seria tão sentido.

Por isso, quando falamos em segurança, as fotos impressas ainda têm muita vantagem sobre os formatos digitais.

Além disso, já existem aparelhos de impressão com tecnologia suficiente para resolver o problema da demora no processo. 

Você quer empreender na área da impressão, mas está com medo?

Se você chegou até aqui, provavelmente já descobriu que a área de impressão fotográfica é um bom ramo para empreender.

Contudo, você sabe que a jornada empreendedora não é algo simples. Você vai passar por muitas dificuldades e desafios, como todos os empreendedores passam.

Mas se empreender é realmente o seu sonho, cada minuto da jornada vai valer a pena. É claro que alguns atalhos podem facilitar essa caminhada. 

Se alguém te contasse onde estão os buracos de uma estrada, você ainda cairia neles?

Por isso, sua caminhada empreendendo na impressão será muito mais fácil se você conhecer as dificuldades que os outros empreendedores desse ramo passaram.

Por fim, para te ajudar nesse processo, recomendamos que você leia o artigo “Quais as Principais Dificuldades do Empreendedor de Impressão?”, baseado numa pesquisa que fizemos com empresários de todo o Brasil.

Comentários