Hoje vamos trazer outro assunto muito recorrente na indústria gráfica: como definir a quantidade de DPI para impressão.

Isto é errado, tá, você vai entender e conhecer sobre o termo PPI é muito importante para o trabalho do impressor, já que é assim que você vai definir a qualidade visual do seu produto e para qual função ele será utilizado.

Pensando nisso, o Portal O Impressor preparou esse artigo. Aqui, tiramos todas as suas dúvidas sobre o que é DPI e PPI e ainda preparamos uma lista de qual resolução é a mais indicada para cada tipo de produto.

PARA APRENDER: O QUE É DPI e PPI

Em primeiro lugar: é DPI ou PPI?

Pra resolver de uma vez por todas, se a imagem está no Photoshop, no computador, a resolução é medida em PPI! Para saber exatamente a diferença entre ambos, confira esse outro artigo no qual escrevemos tudo sobre isso.

Mas, basicamente: PPI é a sigla em inglês para pixels por polegada. Em outras palavras, o PPI indica o número exato de quantos pixels estão presentes em uma polegada de tela.

dpi não, é ppi
Visualização ampliada dos Pixels por isso é P de PPI e não D de DPI.
NIKE LI NA REFRESH: SH ON AIR HUNG ART DESIGN B
Já aqui, temos a visualização dos pontos (dots) de retícula ampliados, vendo os DPIs.

Ou seja, quanto mais PPI, mais nítida será sua imagem. Isso é importante para a definição de detalhes, por exemplo.

No entanto, quem trabalha com impressão sabe que produzir um cartão de visita é completamente diferente de uma fachada de loja. Por isso, é importante entender que existem diferentes resoluções para serem usadas em cada tipo de produto.

Embora você consiga definir qual a quantidade de PPI seu produto vai ter, existem alguns valores que são considerados padrões para certas funções.

Assim, preparamos uma lista para orientá-lo a escolher a resolução de acordo com a aproximação focal do impresso. Confira abaixo!

600 PPI: Impressão de fotografias

Essa resolução é para quando seu produto necessita de uma alta qualidade, com muita nitidez nos detalhes. Ou seja, é a mais indicada para a impressão de fotos.

Inclusive, temos um artigo falando tudo sobre esse mercado de impressão de fotos. Confira aqui!

person holding photo of single tree at daytime

450 PPI: Cartão de visitas

Indicado para impressões de áreas pequenas. Normalmente vão conter textos com fontes pequenas – ou seja, precisa ter muita resolução para poder definir os detalhes miúdos.

MY BUSINESS CARDS

300 PPI: Página de revista

Esse tipo de produto contém imagens e textos pequenos – apesar de não serem tão pequenos quanto o exemplo anterior.

woman sitting on chair while reading

150 PPI: Poster tamanho papel A3

Para essa dimensão do produto, você normalmente está aproximadamente a um metro de distância para enxergar o cartaz todo. Ou seja, é recomendado menos resolução – pois o produto contém elementos maiores.

150 dpi

100 até 50 PPI: grandes impressÕes como banners e fachadas

Numa situação do cotidiano, os banners e fachadas estão a alguns metros de distância de você – normalmente em torno de três a dez metros. Quanto maior o impresso, menor a resolução, pois a distância focal é maior.

50 dpi

20 PPI ou menos: Outdoors e empenas

Agora já estamos com a distância na casa das dezenas de metros. Ou seja, você está longe demais para perceber que, olhando de perto, o texto está todo serrilhado. Com 20 PPI, o arquivo é leve o suficiente para o RIP processar o tamanho e fica perfeito na distância que estará dos olhos dos observadores.

dpi baixo imagem grande

Mas toda regra tem sua exceção: 100 PPI para uma gigantografia

Nem tudo é tão simples assim! Haverão casos nos quais você vai precisar produzir uma imagem gigante, com mais de 1GB de tamanho em disco, com resolução de 100 PPI para uma imagem de 8×2,5 m. Por exemplo, veja a imagem abaixo:

dpi alto imagem grande

Elas são muito comuns em aeroportos e shoppings, onde temos enormes impressões mas com a presença de alguns textos pequenos. Esses textos se comunicam com transeuntes que passam bem próximos, na distância de visualização de um banner.

Então, neste caso, você deve tratar a resolução da imagem como se fosse um banner – e não uma impressão gigante, devido a aproximação focal de alguns elementos da arte ser muito curta.

Por isso, uma dica para esse caso é trabalhar com um arquivo em PDF para minimizar os riscos. Mas isso é caso para outro post, não vamos misturar os assuntos!

Considerações finais

Os valores em PPI que citamos acima são bem conservadores. A indústria gráfica considera que eles são o padrão para as funções apresentadas.

Você pode até trabalhar com valores menores, já que existem técnicas e meios para testar isso. Porém, se você começar pela base que apresentamos aqui, já vai ganhar bastante tempo no dia a dia da sua gráfica.

Em conclusão: quanto maior for a dimensão do produto impresso, menor será sua resolução – isso porque a aproximação focal é menor.

E aí? Tudo certo? Esclareceu suas dúvidas sobre quantos PPI você usa na impressão?

Continue acompanhando os nossos conteúdos aqui do Portal O Impressor para não perder nenhuma informação sobre impressão digital!

Se ligue também no nosso canal no Youtube, acompanhe nossos Podcasts no Spotify e siga nosso perfil no Instagram!

Comentários