Como Evitar Golpes com Cartão de Crédito

Evite que você seja mais uma vítima de golpes com cartão de crédito, uma prática comum tanto em lojas físicas quanto e-commerce.

Antes disso, é importante conhecer um recurso de nome pouco conhecido:

DSI - Epson

Chargeback

Chargeback é a solicitação de cancelamento da compra, por parte do cliente, diretamente com a operadora do cartão. 

Porém, desviar esse recurso do propósito a que se destina, origina muitos golpes com cartão de crédito.

Assim, a fraude via Chargeback acontece quando:

  • o titular do cartão foi vítima de golpe;
  • o próprio titular do cartão é o fraudador.

Chargeback é diferente de Estorno e de Reembolso

Por isso, não confunda Chargeback com Estorno.

O Estorno ocorre de forma amigável e não é necessário nem acionar a operadora do cartão.

Os motivos, nesse caso, são legítimos!

Muito comum também é confundir esse tipo de procedimento com Reembolso, que se assemelha ao Estorno.

No entanto, o Reembolso acontece quando o próprio lojista devolve ao cliente o valor recebido na venda, também sem a necessidade de acionar a operadora do cartão.

Assim, essas palavras representam coisas diferentes no ramo de meios de pagamento, apesar de usadas como sinônimos.

Sua empresa deve ter uma Política de Cancelaramento

Todo empresário deve atentar para a necessidade da sua empresa possuir uma política de cancelamento prática e clara, o que pode ser a garantia de fidelização do cliente.

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor:

Art. 49. O consumidor pode desistir do contrato, no prazo de 7 dias a contar de sua assinatura ou do ato de recebimento do produto ou serviço, sempre que a contratação de fornecimento de produtos e serviços ocorrer fora do estabelecimento comercial, especialmente por telefone ou a domicílio.

Fonte: Biblioteca do Senado

Quais são os mais comuns golpes com cartão de crédito?

Segundo a FEBRABAN:

No período de isolamento social, bancos registraram aumento de 80% nas tentativas de ataques de phishing, alta de 70% na fraude do falso funcionário e crescimento de 65% no golpe do motoboy

Fonte: FEBRABAN News

De acordo com pesquisa da Norton Symantec, analisando 40 milhões de transações, 1 em cada 33 compras no e-commerce é alvo de algum tipo de fraude, a maioria através do uso de cartões de crédito clonados.

Dessa forma, as lojas que não possuem um sistema antifraude, são alvos fáceis desses golpes com cartão de crédito.

Se você possui uma empresa e vende por cartão de crédito, saiba que corre esse risco todo dia.

Algumas situações que colocam a sua empresa em risco:

Cartões Clonados

Em lojas físicas, é importante que o lojista  tome as devidas precauções na hora da venda, identificando corretamente o comprador.

Em Lojas Virtuais

Os fraudadores praticam crimes cibernéticos, hackeando os dados do cliente para compras online, principalmente em lojas que não possuem um forte sistema de segurança online.

Auto-Fraude

Acontece quando o titular do cartão de crédito age de má fé e realiza a compra, para depois solicitar seu cancelamento, dizendo que não reconhece aquela compra.

Quando acontecem os golpes com cartão de crédito?

Muitas pessoas usam o Chargeback para agir de má fé, causando prejuízos à sua empresa!

Isso acontece quando o cliente é o fraudador (auto-fraudador), então, notifica a operadora e solicita o cancelamento de uma compra já realizada.

As operadoras criaram o Chargeback, para garantir uma maior segurança em compras realizadas no cartão, principalmente nas vendas feitas na internet.

No caso de detectar alguma irregularidade, a operadora do cartão fará a devolução do dinheiro ao cliente.

Mas, a partir de que momento isso se torna um problema pra você?

É preciso conhecer o mecanismo que faz com que o Chargeback seja um dos recursos mais utilizados para a prática de fraude em todo o mundo.

Evite golpes com cartão de crédito através do Chargeback

É importante que você, como lojista, tenha recursos que garantam a segurança de suas operações de venda no cartão de crédito.

Então, como evitar que golpes com Chargeback fraudulento ocorram com a sua empresa?

Existem várias formas de evitar essas situações através de soluções caras e complexas, como:

Ter uma política de segurança própria

Mediante conferência de dados pessoais, comprovante de endereço, entre outros recursos, você pode evitar a maioria dos golpes.

Porém, essa é uma prática demorada, pois leva um tempo até que toda a conferência de dados seja feita, o que pode aborrecer o cliente.

Contratar o serviço de uma empresa de análise de riscos

Empresas como esta usam sua grande base de dados e softwares de inteligência, em segurança de comércio eletrônico, para analisar se a sua venda por cartão tem algum risco.

Mas, essa solução prática nem sempre é barata!

Segurança acessível contra golpes com cartão de crédito

Então, saiba que há uma alternativa desburocratizada, tão eficaz e segura quanto as anteriores.

Essa solução funciona fazendo uso de ferramentas intermediadoras de pagamento e possuem serviço de seguro contra fraudes.

Ela possui todos os protocolos de segurança já citados, dessa maneira, você realiza a cobrança ao seu cliente por meio de um link de pagamento que é gerado de forma prática e rápida, através de um aplicativo.

Portanto, um recurso muito simples de usar e implementar para proteger o seu negócio!

PS: confira nossa análise sobre a diferença entre site aplicativo.

Comentários