Se seus arquivos são pesados, demoram para ripar ou imprimem com bordas serrilhadas, este artigo é para você.

E ai, povo que cria, povo que imprime. Vocês estão bons?

Vamos supor que você criou uma arte e vai exportar toda em TIFF ou JPG para imprimir. Quanto de resolução você deve colocar neste arquivo?

Aliás, DPI ou PPI?

Agora aprenda de uma vez por todas, é PPI tá!

Então, no melhor estilo “quer que eu desenhe?”, segue abaixo uma listinha para orientá-lo a escolher a resolução de acordo com a aproximação focal do impresso.

450 PPI – Pertinho da cara, como um cartão de visitas

Área pequena, normalmente vai conter textos pequenos, precisa ter muita resolução para poder definir os detalhes miúdos.

cartao de visitas lendo dpi

300 PPI – Uma página de revista

Contém textos pequenos, mas nem tanto quanto o exemplo anterior, então diminuo um pouco da resolução.

lendo revista dpi

150 PPI – um poster tamanho papel A3

Agora você tem que se afastar quase um metro para poder enxergar o cartaz todo. Menos resolução, pois contém elementos maiores.

poster a3 dpi

100 até 50 PPI – entre banner e fachada

Quanto maior o impresso, menor a resolução, pois a distância focal é maior.

fachada

20 PPI ou menos – outdoor e empenas

Você está longe demais para perceber que o texto está todo serrilhado. Com 20 PPI o arquivo é leve o suficiente para o RIP processar e fica perfeito na distância que estará dos olhos.

large format banner dpi

Toda Regra tem Sua Exceção… 100PPI para uma gigantografia

Estava bom demais para ser verdade e tão simples. Haverá casos onde você vai precisar fazer uma imagem gigante, com mais de 1GB de tamanho em disco, com resolução de 100 PPI para uma imagem de 8×2,5 m. Veja a imagem abaixo:

alto dpi

Muito comum em aeroportos e shoppings, nos deparamos com enormes impressões, com textos pequenos, pois eles se comunicam com transeuntes que passam bem próximos, na distância de visualização de um banner.

Então neste caso você deve tratar a resolução da imagem como se fosse um banner, e não uma impressão gigante, devido a aproximação focal ser muito curta.

Neste caso você poderia trabalhar com um PDF para minimizar os riscos, mais aí é caso para outros posts, não vamos misturar os assuntos neste momento.

Considerações finais!

Os valores em PPI que citei acima são bem conservadores.

Podemos até trabalhar com valores menores, existem técnicas e meios para testarmos isso, que em um post ficaria impossível explicar com profundidade de detalhes, porém, se você começar por aqui, já vai ganhar bastante tempo.

Ainda está confuso com os termos? Não sabe quando usar DPI e quando usar PPI? Leia o artigo “Você sabe qual a resolução correta para impressão?” e aprenda de uma vez a diferença entre DPI e PPI!

Comentários